Quarta-feira, 12 de Outubro de 2011

Afinal enganei-me, começando hoje a ganhar forma um desejo de menina: fazer voluntariado.

Hoje, pouco depois de ter publicado o post anterior, recebi a chamada de um elemento da bolsa de voluntariado da cidade onde estudo; e, ao início da tarde, lá fui eu para entrevista. Contrariamente ao que imaginava, a bolsa de voluntariado desta cidade conta com mais de mil inscritos e, aproximadamente, cinquenta instituições disponíveis para os recebe-los. Jamais conseguiria calcular que existissem tantas instituições dispostas a receber voluntários, nem tantas pessoas interessadas em dispensar o seu tempo em prol dos outros.

Quando era miúda, achava piada ao facto de a maioria (se não, todos) dos bombeiros da minha vila, no Minho (sou estudante de fora, como costumo dizer visto que esta não é a minha cidade nem a minha terra) serem voluntários e queria ser como eles. Em tempos, enquanto estudante do ensino secundário, eu e uma amiga estivemos prestes a inscrever-nos bombeiros voluntários da cidade. Mas, por sermos dos arredores e serem escassos os transportes, ambas trabalharmos no verão e ter-mos entrado em pânico com a ideia sermos obrigadas a andar no meio dos acidentes de trânsito, entre feridos, sangues e mortos (ainda hoje, não sabemos se esta ideia era infundada ou não) acabamos por desistir da ideia. Na verdade, se hoje tenho este bichinho do voluntariado dentro de mim, devo-o aos bombeiros voluntários - que sempre exerceram um poder enorme de atracção e de orgulho, de louvor e respeito pelos trabalhos heróicos que realizam.

Durante a licenciatura, mantive o desejo de fazer voluntariado mas, o receio de não conseguir conciliar ambas as coisas, fez-me perder o ânimo. O facto de, nos últimos dias, me sentir sozinha e esquecida e o excesso de tempo livre que o mestrado me permiti, fez-me reavivar aquele bichinho que ficou. Apesar de fazer voluntariado numa instituição da minha área de formação, a verdade é que não me sinto realizada nem o consigo olhar como um voluntariado, mas sim como um passatempo e forma de conhecer a área em que me licenciei.

Dentro em breve, serei novamente contactada para confirmar se quero mesmo fazer voluntariado junto de crianças doentes. Apesar da vontade ser grande, o medo de olhar para aqueles meninos e meninas doentes é, inevitavelmente, maior - sobretudo, porque se trata de um compromisso de um ano... porque, se há coisa que mais me revolte é o sofrimento destas pequenas crianças.

Lanço a pergunta, ao qual gostava de obter testemunhos:


Alguém já fez voluntariado com crinças internadas? 




publicado por a menina das bolhas de sabão às 17:07 | link do post | comentar | partilhar

2 comentários:
De Luis a 15 de Outubro de 2011 às 12:48
Olá

Nunca fiz voluntariado com crianças pequenas, mas já estagiei em serviços de pediatria e diga-se de passagem, é um pouco doloroso ver crianças a sofrer, mas talvez como voluntária não te aprecebas de algumas coisas que eu como estudante a fazer estágio via, por isso talvez seja mais fácil lidar. De qualquer forma eles gostam sempre de ter alguem com quem brincar, falar e rir com outra pessoa que seja diferente às que está habituada a ver.
Acho que se queres, deves continuar

;-)


De a menina das bolhas de sabão a 18 de Outubro de 2011 às 09:29
Olá,
Por agora, estou a fazer formação. Temos uma série de regras a cumprir, mas parece-me ser bastante interessante e, por agora, tenho vontade de permanecer nesta aventura :)

Beijinhos*


Comentar post

mais sobre mim
Email
ameninadasbolhasdesabao@sapo.pt
posts recentes

Uma aventura à procura de...

Devolução de Crianças

1 # Sonho...

Preciso de uma ideia orig...

Odeio...

Alguém já fez voluntariad...

Têm dias,

Eu,

Em tempos,

comentários recentes
Olá,Por agora, estou a fazer formação. Temos uma s...
Olá Nunca fiz voluntariado com crianças pequenas,...
Olá!!! Tenho uma certa pena de dizer isto, mas tam...
Já viste o chata que seria a vida sem estas pequen...
Outubro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
14
15

16
17
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

31


arquivos

Outubro 2011

Posts mais comentados
1 comentário
1 comentário
tags

adopção(1)

amizade(1)

amor(2)

aniversário(1)

arrepender(1)

azar(1)

b.(1)

blogue(1)

calor(1)

crianças(2)

desejar(1)

desilução(1)

devolução(1)

eu(8)

família(1)

início(1)

inspira-me(1)

sonhar(3)

vida(3)

voluntariado(2)

todas as tags

RSS